quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Em menos de duas horas começa,
diante do rei, coisa assim sem jeito.
Por quem é, não deveria ter feito
tamanha ousadia o autor desta peça!

“Ora vamos, chega de discutir!
Pois, quer rir o rei? Voilá! Que assim seja!
Sou do tipo que com a pena almeja
às penas instruir e divertir.”

Sabe o autor que anseiam por resposta
hóspedes que na Escola veem querela
e dar pano pra manga acham preciso.

Entrar sem ensaiar ator não gosta,
mas encontro com rei não se cancela.
O que se faz, então? Ora, improviso!